Torres são muito comuns na Europa, desde torres em fortalezas e castelos, à torres de igreja, mosteiros, e afins; passando pelo glamour do aço da Torre Eiffel até o charme do mármore da Torre de Pisa ( que ao MEU ver, dá de mil na Eiffel 😉 ).

Muita gente diz que não vale à pena ir a Pisa pois só tem a torre para se ver…é verdade que só tem a praça da torre, Piazza dei Miracoli ( Piazza del Duomo ), como ponto turístico de maior prestígio, mas isso está longe de significar que não vale à pena a visita.

A piazza compreende a torre, a catedral ( Duomo di Santa Maria Assunta ), o batistério, o cemitério ( camposanto ) e os museus; e como se, sozinha, a torre já não fosse um encanto, o conjunto na praça forma um lindíssimo conjunto arquitetônico. Sim, eu recomendo!! Já fui duas vezes e, com certeza, irei outras…

Chegar em Pisa é bem fácil. Fica a cerca de 360 km de Roma, e tem trem direto saindo de Roma, mas a maioria faz baldeação em Florença. Até o momento a Italo não tem trens para Pisa, só a Trenitalia, e o bilhete custa a partir de 24, mas pode chegar a 61, dependendo da duração da viagem, das baldeações, do tipo de trem ( alta velocidade, regional, intercity ou regional veloz ou freccia ), e da classe. OBS: Lembrando que eu cito sempre Roma como ponto de origem porque é onde eu moro, é a maior cidade da Itália, e a maioria das pessoas visitam Roma, mas é só para dar uma noção; logicamente, você pode fazer o seu roteiro saindo de qualquer cidade.

Chegando na estação Pisa Centrale, basta fazer uma agradável caminhada de meia horinha, cruzando o Rio Arno, que se chega até a praça, sem nenhum mistério. Saindo da estação, siga em frente em direção à Piazza Vittorio Emanuele II, e ao atravessá-la, continue sempre em frente, até atravessar o rio, na altura da Piazza Garibaldi. Continue em frente pelo Borgo Stretto ( famosa rua para compras ), depois entre à esquerda na Via Ulisse Dini, e siga até a Via della Faggiola, onde deverá virar à direita e caminhar até a Via Capponi, de onde já avistará a Torre.

A torre de Pisa é um campanário da catedral da cidade, está atrás da catedral, e é a terceira mais antiga estrutura na praça dos milagres, depois da catedral e do batistério. Ela começou a inclinar-se para sudeste logo após o início da construção, em 1173, devido a uma fundação mal construída e a um solo de fundação mal consolidado. Atualmente a torre se inclina para o sudoeste. A altura da torre é de mais de 55 metros, e são 296 degraus a subir…sim, se pode subir ( foi reaberta em 2001 ), a vista é lindíssima, e o bilhete custa 18€.

No alto da torre têm 7 sinos de bronze, datados do início do século XVII, e cada um faz uma nota musical ( dó, ré, mi, fá, sol, lá, si )

A catedral é a sede da arquidiocese de Pisa, o maior exemplo do estilo Românico toscano, e faz parte do complexo arquitetônico da Piazza dei Miracoli, mais um dos Patrimônios da Humanidade declarados pela Unesco na Itália.

 

No ano de 1153, foi dado o ponta-pé inicial para a contrução do “Il Battistero di Pisa”, um monumento clássico da arquitetura européia, de formato redondo, com uma cúpula belíssima. É o maior batistério do páis, com algumas características interessantes, como por exemplo, que a construção foi feita utilizando vários tipos de materiais, devido à falta de dinheiro que, de tempos em tempos, obrigava os construtores a modificarem o projeto original.

   

O anjo caído é uma obra de arte exposta na Piazza dei Miracoli.

E você não pode ir embora sem tirar aquelas fotos “famosas” com a torre como adorno. Hehehe!!!

           

A visita a Pisa pode ser feita durante uma manhã, ou uma tarde; para quem quer conhecer apenas a Piazza dei Miracoli, 4 horas de permanência são suficientes, e existem diversos restaurantes no percurso entre a estação e a torre, onde você poderá almoçar ao chegar, ou antes de partir para o seu próximo destino ( é muito comum conjugar a visita a Pisa com outras cidades vizinhas, como Lucca ). Mas caso você tenha mais tempo disponível, ainda que a torre seja a principal atração, a parte histórica da cidade, fechada dentro das antigas muralhas, não é muito extensa e pode ser facilmente percorrida a pé. Pisa tem construções muito interessantes, diversas igrejas…só depende de você. Então ficam aqui algumas dicas de pontos a serem visitados:

Museo dell’Opera del Duomo

Chiesa di San Francesco

Chiesa di Santa Maria della Spina – Foto 1

Palazzo della Sapienza

Palazzo delle Vedove

Chiesa di San Nicola – Foto 2

Palazzo Reale

Cemitério Hebraico

Bagni di Nerone – Foto 3

Palazzo dei Medici – Foto 4

   

   

One Reply to “Pisa”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *